A criança é o pai do homem

13.06.2013

A criança é o pai do homem

Existem evidências de que algumas características do nosso caráter podem ser genéticas. Entretanto, o fator genético é apenas uma das peças, pois o resultado é o produto da combinação dos fatores genéticos com a influência do “meio ambiente”, ou seja, existe a influência direta das mensagens que recebemos durante a infância. Estas mensagens são transmitidas através das palavras, atos e gestos, provenientes dos nossos pais e/ou educadores. Não dá para dizer que é regra geral, mas a grande maioria dos grandes homens e mulheres já o eram desde cedo e assim o eram reconhecidos pelos seus colegas e amigos. Não existem repentes de grandes personagens que assim se tornaram de uma hora para outra. Tenho um pedaço antigo de papel que fica em uma moldura em frente à minha mesa, que diz mais ou menos o seguinte:

O caráter é formado dentro de casa, através do exemplo dos pais, que vai prepara-los para enfrentar novas situações. Nestes casos, de situações novas, as reações são imprevisíveis. Entretanto, sempre que uma criança ou um adolescente se depara com novas experiências, acaba pensando, mesmo que inconscientemente, em tudo que aprendeu em casa, e também em como os seus pais teriam reagido àquela situação. Portanto, não devemos nos enganar em sempre pensar que a “criança é o pai do homem”e tudo que o forem quando crianças, também o serão na vida adulta, conservando-se as devidas proporções.

O que acontece em casa não é muito diferente do que acontece no mundo corporativo. O seu exemplo tem de vir de cima e tudo que é dito tem de ser feito. Os atos têm de estar em sintonia com o discurso, senão não terá credibilidade. Se quiser que o seu filho tenha respeito por outras pessoas, trate de transmitir respeito para ele. Se quiser que seja educado, trate de ser educado com ele, se quiser que ele seja honesto, muito cuidado com os seus atos e comentários, pois é isso que ele vai entender como a forma correta de ser.

ENGLISH

The child is the father of the man

There is evidence that some features of our character may be genetic. However, the genetic factor is just one of the pieces, because the result is the product of the combination of genetic factors with the influence of “the environment”, ie there is a direct influence of the messages we received during childhood. These messages are transmitted through words, acts and gestures, from our parents and / or educators. You can not say that is the general rule, but the vast majority of great men and women were already so early and were recognized by his colleagues and friends. There are bursts of great characters who thus became of a sudden. I have an old piece of paper that sits in a frame in front of my desk that says more or less the following:

Character is formed inside the house, through the example of their parents, which will prepare them to face new situations. In these cases, new situations, reactions are unpredictable. However, whenever a child or adolescent is faced with new experiences, just thinking, even if unconsciously, in everything we learned at home, and also how their parents would react to that situation. Therefore, we should not fool ourselves into thinking that when the “child is the father of the man” and all that when they are children, they will be even in adulthood, keeping up the proper proportions.

What happens at home is not much different from what happens in the corporate world. Their example must come from the top and everything that is said has to be done. The acts must be in tune with the speech, but will lack credibility. If you want your child to have respect for other people, try to convey respect for him. If you want to be polite, try to be polite to him if you want him to be honest, very careful with their actions and comments, because that is what he will understand how the correct way to be.