Alerta vermelho para a sua pele

05.04.2015

Se você vem percebendo o surgimento de manchas brancas ou vermelhas ocasionadas por coceiras, é um sinal que talvez você tenha que prestar mais atenção na sua pele. Tais irritações podem ser infecções causadas por fungos, chamadas de Micoses. Além de surgirem na pele, elas também podem aparecer nas unhas e nos cabelos. Para entender melhor o que acontece e o que contribui para o surgimento desse incômodo, vamos explicar um pouco sobre a doença e mostrar como se proteger desse mal que ocorre em todas as estações.

Os fungos vivem naturalmente em nosso corpo sem causar sintomas. Existem cerca de 230 mil tipos de fungos, porém apenas 100 tipos causam infecções. Quando encontram condições favoráveis como calor, umidade ou baixa de imunidade, eles podem se reproduzir rapidamente ocasionando doenças, além de serem também vinculados a fatores externos, como locais públicos. Estações mais quentes propiciam temperaturas ideais para a proliferação das micoses.

As Micoses podem ser divididas em “micoses superficiais” e “micoses profundas. As superficiais se localizam na parte externa da pele, ao redor dos pelos ou nas unhas, enquanto as profundas afetam com mais intensidade a pele ou partes subcutâneas, até se instalar em órgãos internos.

 

Formas de contrair a doença:

-Contato com animais de estimação

-Chuveiros públicos

-Lava-pés de piscinas, praias e saunas

-Andar descalço em pisos úmidos ou públicos

-Uso de toalhas compartilhadas ou mal lavadas

-Peças de uso comum (botas, luvas)

-Uso de roupas e calçados de outras pessoas

-Uso de alicates de cutículas, tesouras e lixas não-esterilizadas

-Uso de roupas úmidas por tempo prolongado

 

Os sintomas se caracterizam pelo surgimento de manchas esbranquiçadas ou avermelhadas, com bordas de lesão mais evidentes e, às vezes, com crosta. Os locais mais comuns para aparecerem são a axila, virilha e entre os dedos das mãos e pés. Contudo, nenhuma parte do corpo está livre de ser atingida.

O tratamento vai depender do tipo da infecção.  Podem ser usadas medicações locais como cremes e loções e medicações via oral, dependendo da intensidade do quadro. As micoses das unhas têm o tratamento mais difícil e prolongado. O uso de qualquer tipo de medicamento deve ser feito somente a partir da prescrição e orientação de um médico  dermatologista.

Fique atento! Para prevenir a micose procure usar calçados arejados, para que haja circulação do ar; evite andar descalço em pisos úmidos; não use toalhas compartilhadas; enxugue-se bem após o banho, principalmente nas dobras e entre os dedos; use roupas íntimas de fibras naturais; evite usar roupas apertadas que prejudiquem a transpiração.

Com essas atitudes preventivas, além de cuidar melhor da sua pele, você ficará livre de irritações e incômodos extras.