Como diagnosticar a Síndrome dos Ovários Policísticos?

12.06.2017

A Síndrome dos Ovários Policísticos, também conhecida pela sigla SOP, é a alteração hormonal mais comum em mulheres na idade fértil, atingindo entre 7 a 20%. 

A doença é causada por distúrbios endócrino-metabólicos que provocam alterações nos níveis hormonais, levando à formação de cistos nos ovários, os quais usualmente aumentam de volume.

É caracterizada por ciclos menstruais irregulares, menor frequência de ovulação, alta produção do hormônio masculino (testosterona) e presença de micro cistos nos ovários. 

A SOP também pode predispor ao desenvolvimento de outros problemas de saúde, como doenças cardiovasculares, infertilidade, diabetes tipo 2, obesidade e câncer do endométrio.

Diagnóstico

Para realizar o diagnóstico da Síndrome dos Ovários Policísticos são necessários o exame clínico, o ultrassom ginecológico e exames laboratoriais.

Embora não tenha cura, é possível controlar os sintomas da SOP com um diagnóstico precoce, que é fundamental tanto para detectar a condição, quanto para excluir a possibilidade de outras doenças.

Os exames laboratoriais são fundamentais para o rápido diagnóstico da SOP e entre os testes realizados estão a dosagem de FSH, LH, Progesterona, Estradiol, Prolactina, Testosterona, Androstenediona, HGH, DHEA, entre outros. Estes testes avaliam distúrbios hormonais, frequentemente associados a síndrome do ovário policístico, e são solicitados pelo ginecologista quando existe suspeita de SOP.

A ultrassonografia pélvica (por via abdominal ou transvaginal) avalia as características dos ovários - e demais órgãos pélvicos - sobretudo com ênfase nas suas dimensões e presença das imagens de aspecto cístico.

Tratamento

O tratamento da Síndrome dos Ovários Policísticos depende dos sintomas apresentados. Somente o médico pode fazer a avaliação do melhor tratamento.

Os principais tratamentos são: anticoncepcionais orais, cirurgia, antidiabetogênicos orais, dieta e atividade física e Indução da ovulação.

Se você sente algum tipo de desconforto ginecológico, procure o seu ginecologista. A Síndrome dos Ovários Policísticos tem tratamento e seu início, o quanto antes, evita a progressão da doença. 

Disponibilizamos todos os exames citados acima para diagnóstico da Síndrome dos Ovários Policísticos. Para saber quais, clique aqui

Para mais informações, ligue: (21) 3184-3000.