Quais sintomas o excesso de açúcar no sangue persistente ou muito elevado pode provocar?

01.10.2018

Diferente do que muita gente acha, o excesso de açúcar no sangue não ocorre somente em diabéticos. Qualquer pessoa pode ter níveis elevados de açúcar no sangue sem perceber.

Também chamada de hiperglicemia ou taxa elevada de açúcar no sangue, a condição pode levar a um estado perigoso chamado de cetoacidose (complicação grave do diabetes que ocorre quando o corpo produz ácidos sanguíneos – cetonas –  em excesso) e, em casos graves, pode levar ao coma.

Para evitar complicações, é importante reconhecer os sintomas para diagnosticar e tratar de forma adequada.

 

Veja também:

 

Veja alguns sintomas e previna-se!

  • Sentir fome o tempo todo

O nível de açúcar elevado bloqueia a liberação de glicose nas células não fornecendo energia suficiente para o corpo, dando a sensação de fome constante.

 

  • Cansaço excessivo

Com a elevação do açúcar no sangue, a energia não é distribuída de forma eficiente e as células do corpo não recebem a quantidade que precisam para funcionar corretamente.

 

  • Vontade constante de fazer xixi

Com o nível de açúcar muito alto, os rins tentam equilibrar a concentração de glicose no sangue e nas células. O corpo dissolve o sangue com o fluido intracelular, fazendo com que a concentração volte ao normal, resultando em micção frequente.

 

  • Boca seca e muita sede

A boca seca e a sede excessiva são respostas do organismo à perda de líquido em excesso. O hipotálamo avalia o grau de desidratação do sangue e envia sinal de sede ao cérebro.

 

  • Perda de peso

Se houver alto nível de glicose, pode ocorrer perda de peso em pouco tempo, mesmo quando há ingestão de muita comida e se o valor calórico dos alimentos for alto.

 

  • Doenças infecciosas

Infecções nas vias urinárias e por fungos ocorrem em homens e mulheres, mas são mais frequentes entre as mulheres que têm açúcar elevado no sangue e diabetes. A grande quantidade de açúcar facilita a reprodução de fungos e bactérias.

 

  • Pele seca

O ressecamento da pele pode estar relacionado a níveis elevados de açúcar no sangue por várias razões:

• A micção excessiva desidrata o organismo e os tecidos da derme começam a secar;

• Lesão dos nervos pode alterar o funcionamento normal das glândulas sudoríparas, que influenciam no equilíbrio hídrico da pele;

• Problemas de pele nas pernas são um sinal de aterosclerose: endurecimento e estreitamento das artérias, que reduzem a circulação sanguínea. A doença muitas vezes está associada com diabetes.

 

  • Dificuldade de concentração e memória

O açúcar elevado impede que a glicose seja liberada nas células do cérebro, causado dificuldade com a produção de energia, afetando a velocidade de pensamento e a tomada de decisões.

 

  • Visão turva

O turvamento da visão também é o resultado da desidratação por causa do aumento de açúcar no sangue. As células dos olhos se deformam e eles perdem a capacidade de focar corretamente.

 

  • Cicatrização lenta de ferimentos e cortes

A lenta recuperação da pele e dos tecidos moles ocorre porque o elevado nível de glicose obstrui a aderência dos leucócitos (células sanguíneas especializadas em defender o corpo) às paredes dos vasos sanguíneos.

 

  • Impotência

Os problemas de disfunção erétil também podem ser causados por glicemia elevada, que pode prejudicar os nervos, o fluxo sanguíneo e o equilíbrio adequado dos hormônios.

 

  • Irritabilidade

O cérebro depende de um fornecimento regular de glicose e mudanças drásticas no seu nível prejudicam a sua função. Como resultado, ocorrem alterações de humor.

O açúcar também altera a absorção de outro nutriente responsável pelo humor: o cromo. O mineral é necessário pela estabilização do nível de açúcar no sangue pois a insulina, responsável por purificar a glicose no sangue, não funciona sem ele.

 

Para informações sobre nossos exames, acesse:

www.richet.com.br/exames/

 

Para informações e agendamento de exames, entre em contato através de nossos canais de comunicação direta:

- Central de Relacionamento: (21) 3184-3000

- Contato Site: www.richet.com.br/contato-cliente/

- Coleta Domiciliar: www.richet.com.br/agendamento-de-exames/

- Chat Online: http://bit.ly/Chat_Online_Richet