Tosse seca por mais de duas semanas pode ser sinal de tuberculose.

30.03.2014

 A Tuberculose é uma doença milenar, infecciosa que passa de pessoa para pessoa através de gotículas de saliva que contém o agente infeccioso (Mycobacterium tuberculosis ou bacilo de Koch), sendo maior o risco de transmissão durante contatos prolongados em ambientes fechados e com pouca ventilação. No último dia 24 de Março, foi assinalado o dia mundial de combate à Tuberculose, uma campanha que foi criada há 32 anos, em 1982, em comemoração aos 100 anos da divulgação da descoberta do agente causador da doença pelo cientista alemão Robert Koch, em 24 de Março de 1882. O Rio de Janeiro é o estado com a maior incidência de casos no Brasil: 72 em cada 100 mil habitantes. Só em 2012, 739 pessoas morreram no território fluminense devido à infecção, motivo que reforça a necessidade da prevenção e do diagnóstico precoce. Os sintomas são, além da tosse prolongada, produção de catarro, febre, sudorese, cansaço, dor no peito, falta de apetite e emagrecimento. O diagnóstico da doença pode ser feito a partir de uma amostra de escarro, por meio de três exames. O mais eficaz é o teste chamado GeneXpert que utiliza a biologia molecular, que captura fragmentos de DNA da bactéria causadora da Tuberculose e seu resultado sai em duas horas. Os outros exames são a basiloscopia e a cultura. O tratamento, à base de antibióticos, deve começar imediatamente. É fundamental seguir à risca o tratamento. É imprescindível que este não seja interrompido – fato que pode ocorrer, principalmente, devido aos efeitos colaterais, pois o bacilo se torna mais forte e a doença pode voltar. Um dos principais fatores que dificultam o combate à tuberculose é a alta taxa de abandono do tratamento. Se a pessoa interrompe (o tratamento) no meio, pode criar uma forma de doença resistente a antibióticos. Para prevenir a tuberculose é necessário imunizar as crianças com a vacina BCG. Crianças soropositivas ou recém-nascidas que apresentam sinais ou sintomas de Aids não devem receber a vacina. A prevenção da tuberculose inclui evitar aglomerações, especialmente em ambientes fechados, e não utilizar objetos de pessoas contaminadas. Ouça minha entrevista para a Radio Globo e saiba mais sobre a doença e seu tratamento: http://radioglobo.globoradio.globo.com/bom-dia-globo/2014/03/22/TOSSE-SECA-E-CONSTANTE-PODE-SER-SINAL-DE-TUBER