Você sabe o que é a Psoríase?

22.10.2015

 

O QUE É?

A Psoríase é uma doença inflamatória da pele, caracterizada por lesões avermelhadas e descamativas que ocorrem, geralmente, no couro cabeludo, cotovelos e joelhos. É considerada uma doença cíclica, ou seja, seus sintomas desaparecem e reaparecem de tempos em tempos.

É uma doença crônica, não contagiosa e multigênica, o que significa que envolve vários genes. A causa da Psoríase ainda é desconhecida, mas sabe-se que 30% dos casos têm ligação com o fator genético. É mais comum surgir antes dos 30 e após os 50 anos, tanto em mulheres quanto em homens.

 

TIPOS E SINTOMAS

Existem vários tipos de Psoríase, de acordo com as particularidades das lesões. Confira os tipos abaixo:

a) Psoríase Vulgar: este tipo da doença causa lesões avermelhadas e de variados tamanhos, com escamas secas, aderentes e com coloração prateada ou acinzentada. Surgimento mais comum no couro cabeludo, joelhos e cotovelos, mas também pode atingir as genitais.

b) Psoríase Invertida: surge em áreas de dobras do corpo, como virilha, axilas e embaixo dos seios. A diferença nessa classificação da doença é que as lesões normalmente são mais úmidas e com manchas inflamadas e vermelhas.

c) Psoríase Gutata: este tipo é mais frequente de ocorrer em crianças e adultos jovens. Com lesões pequenas e localizadas, em formato de gotas, a Psoríase Gutata é associada a processos infecciosos e aparece, geralmente, em regiões próximas aos ombros e quadril, como tronco, braços e coxas.

d) Psoríase Eritrodérmica: caracterizada por lesões generalizadas, que ocupam cerca de 75% ou mais do corpo.

e) Psoríase Ungueal: causa depressões na pele em forma de ponta ou manchas amareladas, geralmente nas unhas das mãos. As unhas podem chegar a descolar da pele e, nos casos mais graves, pode até esfarelar.

f) Psoríase Artropática: aparece de forma repentina. Sua característica principal é a dor nas pontas dos dedos das mãos e dos pés ou nas grandes articulações como por exemplo, a do joelho.

g) Psoríase Pustulosa: pode causar lesões com pus, de forma localizada, nos pés e nas mãos, e também lesões espalhadas pelo corpo. Este tipo de Psoríase pode causar febre, calafrios, coceira intensa e fadiga.

h) Psoríase Palmo-plantar: neste tipo, as lesões surgem como fissuras, tanto nas palmas das mãos quanto nas solas dos pés.

 

 

CAUSAS

Tem influência na Psoríase, fatores como o psicológico, a genética, o estresse, exposição ao frio, uso de alguns medicamentos e a ingestão alcoólica também pode piorar o quadro.

 

TRATAMENTO

Mesmo que a doença não tenha cura, possui tratamento.

A grande maioria dos casos são considerados como leve e moderado, e podem ser controlados com o uso de medicação no local das lesões, hidratação da pele e exposição ao sol. No caso das pessoas que não têm tempo para exposição ao sol todos os dias, é recomendado o banho de ultravioleta A e B em clínicas especializadas e sob rigorosa orientação médica. Este tipo de banho não é recomendado para crianças.

 

 

RECOMENDAÇÕES

Hidrate a pele para evitar ressecamento excessivo, pois isso favorece o desenvolvimento das lesões.

Exponha-se moderadamente ao sol. Antes da exposição, passe creme hidratante ou creme terapêutico.

Evite o consumo de bebidas alcoólicas.

Tente não se desgastar emocionalmente, pois isso pode colaborar com o surgimento das lesões. Um profissional pode ajudar nessa questão.

Visite regularmente o dermatologista e cumpra suas orientações para controlar as crises.