Vacinas: Entenda as diferenças entre as gerações

03.12.2021

Todas as vacinas autorizadas para uso na população são seguras, eficazes e conferem proteção, algumas por toda a vida, outras por um período de tempo, em dose única ou em esquemas vacinais dependendo da natureza de cada patógeno e da biotecnologia de desenvolvimento. Atualmente, as vacinas são divididas em 3 GERAÇÕES.

 

Vacinas de 1ª geração

São feitas do patógeno inteiro, podem ser INATIVADAS, feitas do patógeno morto, ou ATENUADAS feitas de patógeno vivo, neste caso enfraquecido e incapaz de produzir a doença em indivíduos imunocompetentes (são contraindicadas para gestantes e imunodeprimidos). As vacinas INATIVADAS normalmente precisam de doses de reforço, já as ATENUADAS têm como vantagem uma proteção mais duradoura. Essas vacinas de 1 geração ainda são comumente utilizadas e bem estabelecidas nos calendários vacinais de crianças a idosos, como, por exemplo: a Tríplice Bacteriana, BCG, Febre Amarela, Rotavírus e outras.

 

Vacinas de 2 ª geração

São feitas de subunidade dos patógenos, ou seja, apresentam apenas proteínas ou fragmentos de proteínas destes microorganismos. Também são bastante utilizadas e bem estabelecidas nos calendários vacinais, como as vacinas da Gripe, HPV, Pneumonias 13V e 23V, ou das Meningites.

 

Vacinas de 3 ª geração

São produzidas a partir de fragmentos do material genético (DNA ou RNA) de um patógeno, regiões genômicas conhecidas que uma vez dentro do organismo vão servir de “molde” para a produção de proteínas específicas que geram uma resposta imune direcionada contra infecção. Podem ser feitas em Vetores Virais ou de RNA mensageiro. Também são muito seguras e tem como vantagem uma produção mais rápida, pois não há necessidade das etapas feitas para as vacinas tradicionais. São tecnologias bastante faladas nos dias de hoje, sendo utilizadas na produção de vacinas contra a COVID-19. Apesar de parecer novidade, esta tecnologia já é estudada há vários anos em diferentes centros de pesquisas pelo mundo e tem um grande potencial de se tornar cada vez mais comum.

 

Referências:

Bio-Manguinhos/Fiocruz-MS, 2019.

Sociedade Brasileira de Imunizações (SBIm), 2020.

 


 

 

 

 

Richet Vacina foi desenvolvido para oferecer mais proteção para você e sua família. Além da imunização infantil, disponibilizamos as principais vacinas para adultos e idosos.

A mesma qualidade e excelência do Richet, desde a escolha rigorosa das vacinas até a aplicação com profissionais altamente capacitados.

 

Dúvidas e agendamento através dos canais:

Central de Relacionamento - (21) 3184-3000

WhatsApp: (21) 99231-4407

 

 

Autor

Dra. Patrícia Rosa Vanderborght

Imunização Humana      CRM CRBio 15.326/02

Graduada em Ciências Biológicas, possui Mestrado e Doutorado em Biologia Molecular/Genética Humana pela Fiocruz/RJ e MBA em Management pela PUC-Rio. Atua como Gerente de Laboratório Hospitalar na Casa de Saúde São José (CSSJ) e na Clínica São Vicente da Gávea (CSV), sendo responsável pelo planejamento estratégico operacional, assessoria científica de point of care e gestão da qualidade com foco nos programas de acreditação hospitalar, como: Organização Nacional de Acreditação (ONA), Joint Commission International (JCI) e Canadense.