Fake News e Saúde

25.09.2019

Nesse episódio do Richet Talks fizemos uma mudança. O “host” de hoje é Dr Helio Magarinos Torres Filho, Diretor Médico do Richet Medicina e Diagnóstico, e nosso habitual “host” Dr Luis Fernando Correia responderá as perguntas do Dr Helio.

Qual a importância da divulgação das informações científicas?

O Dr Luís Fernando ressaltou a carência da população brasileira em relação às informações de saúde e que quando a população puder entender e ter acesso à informações de saúde de qualidade e baseadas em evidências científicas, essa mesma população poderá assumir seu papel de tomar conta de sua saúde sem que as determinações dos médicos sejam impostas de cima para baixo, como é hoje em dia.

Um aspecto fundamental levantado pelo Dr Luís Fernando é a participação das Sociedade Médicas de Especialidades que devem assumir mais essa liderança de comunicação com a população as associações e sociedades médicas deveriam ser as fontes onde as pessoas buscariam uma informação de saúde confiável.

A maioria das sociedades produz discussões de qualidade, porém sem conseguir atingir a levar as questões para a população.

Os próprios conselhos de Classe, regionais e federais deveriam também se posicionarem como fonte de informação.

Como lidar com a Internet como fonte de informação?

No início dos portais e sites médicos, foi criado um selo de qualidade de informação que alguns sites brasileiros buscaram esse credenciamento.

No advento das mídias sociais, a credibilidade passa a ser mais individualizada e se as estruturas que falamos antes, Sociedades Médicas e Associações de Especialidade se colocarem como fonte confiável, isso pode trazer a diminuição das Fake News que estão circulando.

A Sociedade Civil organizada deverá ser a fonte de pressão democrática cobrando que as empresas de internet se policiem e retirem vídeos e postagens inadequados.

Tudo isso pode levar que as Fakes News em nosso meio diminuam.

A Comunicação de Saúde tem responsabilidade social enorme, pois uma epidemia pode acontecer se notícias falsas circularem.

E como melhorar a comunicação?

Uma boa ideia segundo o Dr Luís Fernando pode ser a criação de cadeiras eletivas nos cursos de profissionais de saúde e dos cursos de comunicação falando e treinando Comunicação de Saúde.

 

Ouça nosso podcast no Spotify

Ou ouça aqui no nosso player

Autor

Dr. Helio Magarinos

Diretor Médico      CRM 52.47173-0

Diretor do Richet Medicina & Diagnóstico, Helio Magarinos Torres Filho é Médico formado pela Universidade Federal Fluminense, especializado em Patologia Clínica e Medicina Laboratorial e possui MBA em Gestão de Negócios pelo IBMEC. Helio Magarinos também é Membro da Sociedade Brasileira de Patologia Clinica (SBPC), da American Association for Clinical Chemistry (AACC), da American Society for Microbiology (ASM), da American Molecular Pathology (AMP) e da European Society for Microbiology and Infectious Diseases (ESCMID).

Co Autor

Dr. Luis Fernando Correia

M.D. Comentarista de Saúde      CRM 52.50238-4

Médico, Clínico Geral e Intensivista. Comentarista de Saúde Rádio CBN, Rede Globo de TV, GloboNews.