Novo Painel Molecular para Diagnóstico das Diarreias Infecciosas

21.04.2016

Recentemente, alguns testes baseados em biologia molecular, com capacidade de incorporação de várias sondas em uma única plataforma, denominados por este motivo de multiplex, foram introduzidos no mercado diagnóstico. São testes em forma de painéis, designados para a pesquisa etiológica de agentes causadores de diarreia, que detectam a presença de ácidos nucléicos de múltiplos microrganismos, dentre bactérias, parasitas e vírus, dependendo da configuração. Um dos testes mais promissores é o BioFire FilmArray Gastrointestinal Panel (BioFire Diagnostics, EUA), que em breve passará a ser oferecido pelo Richet Medicina & Diagnóstico, com capacidade de detecção de 22 patógenos em até uma hora.

Os testes moleculares com painéis múltiplos têm se mostrado bastante úteis, além de altamente sensíveis e específicos, práticos e rápidos, devendo se tornar em breve referência no diagnóstico das gastroenterites infecciosas, fornecendo vários resultados a partir de um único teste. Em estudos comparativos, o teste demonstra sensibilidade média, incluindo todos os patógenos > 95%, com especificidade > 98%.

Em um estudo multicêntrico realizado com 1556 amostras de pacientes com diarreia, os autores puderam demonstrar, além da boa performance do teste BioFire FilmArray GI Panel, que em 32% das amostras positivas foram detectados múltiplos microrganismos (correspondendo a infecções mistas). Os germes mais prevalentes no estudo foram, em ordem decrescente, EPEC, C. diffi cile toxigênico, EAEC, Norovirus e Sapovirus (Buss et al, 2015). Vale à pena lembrar que nenhum desses testes, com exceção da pesquisa de C. difficile, faz parte da rotina laboratorial para a pesquisa etiológica de diarreias infecciosas pelos métodos tradicionais.



 

Referências bibliográficas:
1. Buss N.S., Leber A., Chapin K., Fey P.D., Bankowiski M.J., Jones M.K., Rogatcheva M., Kanack K.J., Bourzac K.M. Multicentric Evaluation of the BioFire FilmArray Gastrointestinal Panel for Etiologic Diagnosis of Infectious Gastroenteritis, J Clin Microbiol 53:3, 2015.
2. Dubbberk ER, Kociolek LK, Polage CR, Riley TV. Clostridium difficile diagnostic and Clinical Challenges. Clin Chem 62:2, 2016.
3. Khare R., Espy M.J., Cebelinski E., Boxrud D., Sloan M.L., Cunninghan S.A., Pritt B.S., Patel R., Binnicker M.J., Comparative Evaluation of Two Commercial Multiplex Panels for Detection of Gastrointestinal Pathogens by Use of Clinical Stool Specimens, J Clin Microbiol 52:10, 2014.

Baixe arquivo para impressão aqui