PET cérebro na avaliação do Parkinsonismo

26.01.2018

 

O diagnóstico acurado da causa do parkinsonismo é de importância terapêutica e prognóstica primordial. O PET-CT com FDG permite uma distinção altamente precisa entre a doença de Parkinson (DP) e as síndromes parkinsonianas atípicas (SPA), incluindo atrofia de múltiplos sistemas (MSA), paralisia supranuclear progressiva (PSP) e degeneração corticobasal (CBD), com estudos mostrando sensibilidade e especificidade diagnóstica acima de 90%.

Estudos clínicos patológicos sugerem que o diagnóstico clínico de DP é impreciso em cerca de 20-25% dos pacientes, sendo as SPA frequentemente diagnosticadas erroneamente como DP. Esta imprecisão diagnóstica representa um grande obstáculo para a seleção de tratamento e aconselhamento prognóstico confiável.

O FDG-18F é um radiotraçador usado no PET que avalia o metabolismo regional da glicose cerebral, sendo portanto marcador da função neuronal. Alterações específicas de cada doença devido à disfunção sináptica e degeneração neuronal geram padrões típicos de alterações no metabolismo regional da glicose em pacientes com parkinsonismo.

O PET com FDG-18F pode ser usado para o diagnóstico diferencial das causas de parkinsonismo quando há incerteza diagnóstica após avaliação abrangente por um especialista em desordem de movimento.

As alterações típicas do metabolismo regional da glicose em pacientes com DP é caracterizada por um hipometabolismo temporoparietal posterior, occipital e, por vezes, frontal (especialmente na DP com comprometimento cognitivo) e hipermetabolismo relativo do estriado, córtex motor, tálamo e cerebelo.

Por outro lado, os pacientes com MSA apresentam hipometabolismo no putâmen (posterior), ponte e cerebelo.

No caso da PSP, o hipometabolismo é observado no frontal, caudado, tálamo e tronco cerebral superior.

Finalmente, o CBD é caracterizado por um hipometabolismo geralmente assimétrico de áreas frontoparietais, estriado e tálamo contralateral ao lado do corpo mais afetado.

 

Dra. Silmara Regina Segala Gouveia – Coordenadora do serviço de Medicina Nuclear do Richet Medicina & Diagnóstico.

 

Conheça todos os exames PET disponíveis no Richet:

Clique aqui

Dúvidas e marcações:

SAM: (21) 3184-3101 (Medicina Nuclear: Cintilografia e PET-CT)